Treinamentos

Promovemos excelência
em Treinamentos

NR11 - TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃO, ARMAZENAGEM E MANUSEIO DE MATERIAIS.

NR11 – TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃO, ARMAZENAGEM E MANUSEIO DE MATERIAIS.

Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais.

 

CURSO: Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais.

 

OBJETIVO: Tem por objetivo ensinar sobre como garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que interagem com transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais.

 

PÚBLICO ALVO: Profissionais da área operacional da empresa que trabalhe com: Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais equipamentos: Caminhões, Empilhadeiras, Escavadeiras H, Gruas, Mini Carregadeira, Pá Carregadeira, Ponte Rolante e Retroescavadeira.

 

CARGA HORÁRIA: 20 horas

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

 

  • Legislação e NR 11
  • Normas de Segurança
  • Conceitos gerais de movimentação de carga
  • Tipos de equipamento
  • Riscos por equipamento
  • Tipos de movimentação
  • Tipos de controle por risco
  • Conceitos e práticas sobre equipamentos de segurança
  • Tipos de equipamento de segurança
  • EPI
  • EPC
  • Funcionamento de equipamentos de segurança
  • Inspeção dos equipamentos e itens de segurança
  • Checklist de pré-operação
  • Tipos de acessório e suas inspeções
  • Regras de guindar, movimentar e transportar de acordo com o equipamento
  • Regras de condução, circulação e sinalização da unidade
  • Medidas de controle
  • Tipos de veículos utilizados
  • Riscos associados e seus controles
  • Conhecimentos gerais sobre o Plano de Rigging
  • Finalidade
  • Informações geradas

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966.8888

NR-23 - BRIGADA DE INCÊNDIO

NR-23 – BRIGADA DE INCÊNDIO

Brigada de Incêndio

 

CURSO: Brigada de Incêndio

 

OBJETIVO: Capacitar os funcionários da empresa a desempenhar a função de Brigadista de Incêndio dentro da técnica, de acordo com o previsto na NBR 14 276. Para atuarem em situações emergenciais, transmitir aos participantes, informações teóricas e práticas dos princípios básicos de prevenção e combate a incêndios, bem como estabelecer um padrão de comportamento visando uma atitude adequada, rápida, segura e isenta de pânico em situações de emergência. Operar equipamentos de combate a incêndios, auxiliando no plano de abandono, identificando produtos perigosos e reconhecendo seus riscos ou prestando os primeiros socorros, visando preservar a vida e o patrimônio.

 

PÚBLICO ALVO: Profissionais da área de construção civil.

 

CARGA HORÁRIA: Básico 04 horas Intermediário 08 horas Avançado 24 horas

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  • Introdução;
  • Legislação pertinente;
  • Teoria do fogo;
  • Meios de propagação do fogo;
  • Classificação do fogo;
  • Equipamentos de combate ao fogo;
  • Técnicas de combate ao fogo;
  • Abandono de área;
  • Técnicas de prevenção de incêndios;
  • Reconhecimento, utilização de extintores de incêndios e hidrantes;
  • Procedimentos para evacuação dos locais de trabalho com segurança;
  • Análise primária;
  • Manobras de reanimação;
  • Ferimentos e hemorragias;
  • Fraturas e imobilização;
  • Queimaduras;
  • Emergências clínicas;
  • Realização de manobras de reanimação cardíaca em manequim de treinamento.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

NR-05 - CIPA

NR-05 – CIPA

Comissão Interna De Prevenção De Acidentes – CIPA

 

CURSO: Comissão Interna De Prevenção De Acidentes – Cipa

 

OBJETIVO: Este treinamento tem como objetivo capacitar integrantes conhecidos como Cipeiros, visando a preservação e promoção da saúde e da segurança no ambiente de trabalho. Por determinação da Norma Regulamentadora – NR 05 e determinação do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, necessitam ser treinados. Este treinamento destina-se também aos profissionais ligados a segurança dentro das organizações, que por ventura necessitem de maiores informações.

 

PÚBLICO ALVO: Todas as empresas que possuem trabalhadores contratados pela CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). Caso a empresa não tenha enquadramento para obrigatoriedade, deverá treinar um designado. E demais interessados em assuntos sobre saúde e segurança do trabalho.

 

CARGA HORÁRIA: 20 Horas (Conforme o item 5.34 da NR 5 portarias N.º 3.214, de 08-06-1978)

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

 

  • Estudo do ambiente, das condições de trabalho, bem como dos riscos originados do processo produtivo;
  • Metodologia de investigação e análise de acidentes e doenças do trabalho;
  • Noções sobre acidentes e doenças do trabalho decorrentes de exposição aos riscos existentes na empresa;
  • Noções sobre a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida – AIDS, e medidas de prevenção;
  • Noções sobre as legislações trabalhista e previdenciária relativas à segurança e saúde no trabalho;
  • Princípios gerais de higiene do trabalho e de medidas de controle dos riscos;
  • Organização da CIPA e outros assuntos necessários ao exercício das atribuições da Comissão.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

NR-18 - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

NR-18 – CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

Condições E Meio Ambiente De Trabalho Na Indústria Da Construção

 

CURSO: Condições E Meio Ambiente De Trabalho Na Indústria Da Construção

 

OBJETIVO: É atender as exigências do novo texto da Norma Regulamentadora que rege as Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção. Conforme a NR-18, publicada na Portaria MTPS n.º 208, de 08 de dezembro de 2015. Estabelecer diretrizes de ordem administrativa, de planejamento e de organização, que objetivam a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos de segurança nos processos, nas condições e no meio ambiente de trabalho na Indústria da Construção.

 

PÚBLICO ALVO: Profissionais da área de construção civil.

 

CARGA HORÁRIA: 06 horas

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

 

  • Informações sobre as condições e meio ambiente de trabalho;
  • Riscos inerentes a sua função;
  • Uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual – EPI;
  • Informações sobre os Equipamentos de Proteção Coletiva – EPC, existentes no canteiro de obra.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

NR-20 - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO COM INFLAMÁVEIS E COMBUSTÍVEIS

NR-20 – SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO COM INFLAMÁVEIS E COMBUSTÍVEIS

Segurança E Saúde No Trabalho Com Inflamáveis E Combustíveis

 

CURSO: Segurança E Saúde No Trabalho Com Inflamáveis E Combustíveis

 

OBJETIVO: O principal objetivo do curso da NR20 – Segurança E Saúde No Trabalho Com Inflamáveis E Combustíveis é estabelecer requisitos mínimos para a gestão da segurança e saúde no trabalho contra os fatores de risco de acidentes provenientes das atividades de extração, produção, armazenamento, transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e líquidos combustíveis.

 

PÚBLICO ALVO: Trabalhadores que laboram em instalações classe I, II ou III, adentram na área ou local de extração, produção, armazenamento, transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e líquidos combustíveis e mantem contato direto com o processo ou processamento, devem realizar o curso especifico.

 

CARGA HORÁRIA:

Básico da NR-20 – 08H
Intermediário da NR-20 – 16H
Avançado I da NR-20 – 24H
Avançado II da NR-20 – 32H

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

NR-06 - EPI

NR-06 – EPI

EPI – Equipamento de Proteção Individual

 

CURSO: EPI – Equipamento de Proteção Individual

 

OBJETIVO: O Treinamento sobre o uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual tem por finalidade instruir o colaborador usuário dos EPIs a importância de usá-lo, instrui os métodos adequados de conservação do equipamento, evitando contaminações por exposição a agentes químicos, quando aplicável, ou seu desgaste fazendo com que este apresente defeitos no funcionamento posteriormente. O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), regulamenta as atribuições legais do fornecimento dos EPI´s pelo empregador ao trabalhador e também especifica quais são os equipamentos obrigatórios nas atividades.

 

PÚBLICO ALVO: Colaboradores de empresas e demais interessados

 

CARGA HORÁRIA: 02 horas.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

 

  • O que é o Equipamento de Proteção Individual?
  • Responsabilidades do Empregador
  • Responsabilidades do Trabalhador
  • Responsabilidades dos Fabricantes e Importadores
  • Da Competência do Ministério do Trabalho e Emprego/TEM
  • Riscos por Não Usar os EPI´s
  • A – EPI Para Proteção da Cabeça
  • B – EPI Para Proteção dos Olhos e Face
  • C – EPI Para Proteção Auditiva
  • D – EPI Para Proteção Respiratória
  • E – EPI Para Proteção de Tronco
  • F – EPI Para Proteção dos Membros Superiores
  • G – EPI Para Proteção dos Membros Inferiores
  • H – EPI Para Proteção do Corpo Inteiro
  • I – EPI Para Proteção Contra Quedas Com Diferença de Nível
  • Vídeos Explicativos do Uso Correto dos EPI´s
  • Ficha de Controle do EPI

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

NR-10 - SEGURANÇA EM INSTALAÇÃO E SERVIÇOS COM ELETRICIDADE

NR-10 – SEGURANÇA EM INSTALAÇÃO E SERVIÇOS COM ELETRICIDADE

Curso Básico – Segurança em Instalação e Serviços com Eletricidade

 

CURSO: Curso Básico – Segurança em Instalação e Serviços com Eletricidade

 

OBJETIVO: O objetivo do treinamento da NR10 é estabelecer os requisitos e as condições mínimas com o intuito de implementar medidas preventivas e de controle, de modo a garantir a segurança e a integridade dos trabalhadores, que interajam com instalações elétricas e serviços de eletricidade direta, ou indiretamente.

 

CARGA HORÁRIA: 40 horas.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  • Introdução à segurança com eletricidade.
  • Riscos em instalações e serviços com eletricidade:
  • O choque elétrico, mecanismos e efeitos;
  • Arcos elétricos; queimaduras e quedas;
  • Campos eletromagnéticos.
  • Técnicas de Análise de Risco.
  • Medidas de Controle do Risco Elétrico:
  • Desenergização.
  • Aterramento funcional (TN / TT / IT); de proteção; temporário;
  • Equipotencialização;
  • Seccionamento automático da alimentação;
  • Dispositivos a corrente de fuga;
  • Extra baixa tensão;
  • Barreiras e invólucros;
  • Bloqueios e impedimentos;
  • Obstáculos e anteparos;
  • Isolamento das partes vivas;
  • Isolação dupla ou reforçada;
  • Colocação fora de alcance;
  • Separação elétrica.
  • Normas Técnicas Brasileiras – NBR da ABNT: NBR-5410, NBR 14039 e outras;
  • Regulamentações do MTE:
  • NRs;
SEP – SISTEMA ELÉTRICO DE POTÊNCIA – CURSO COMPLEMENTAR
CURSO:
O Curso NR-10 Complementar SEP (Sistema Elétrico de Potência) da Norma Regulamentadora 10 é obrigatório para trabalhadores que são expostos diretamente à Alta Tensão (AT). O MTE exige que todos os profissionais que trabalham com eletricidade acima de 1000 (mil) volts sejam treinados nas diretrizes básicas para implantação de medidas de controle e sistemas preventivos de segurança e saúde
OBJETIVO: Este treinamento visa capacitar os alunos com relação ao contido nos itens na Norma regulamentadora 10, que estabelecem requisitos e condições para a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança dos trabalhadores, que direta ou indiretamente, interagem com instalações elétricas e serviços com eletricidade.
PÚBLICO ALVO: Todos os profissionais que trabalham em áreas de alta voltagem (1000 volts) que tenham feito o básico de NR-10.
CARGA HORÁRIA: 40 horas
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 
  • NR-10 (Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade);
  • Qualificação; habilitação; capacitação e autorização.
  • Equipamentos de proteção coletiva.
  • Equipamentos de proteção individual.
  • Rotinas de trabalho – Procedimentos.
  • Instalações desenergizadas;
  • Liberação para serviços;
  • Sinalização;
  • Inspeções de áreas, serviços, ferramental e equipamento;
  • Documentação de instalações elétricas.
  • Riscos adicionais:
  • Altura;
  • Ambientes confinados;
  • Áreas classificadas;
  • Umidade;
  • Condições atmosféricas.
  • Proteção e combate a incêndios:
  • Noções básicas;
  • Medidas preventivas;
  • Métodos de extinção;
  • Prática;
  • Acidentes de origem elétrica:
  • Causas diretas e indiretas;
  • Discussão de casos;
  • Primeiros socorros:
  • Noções sobre lesões;
  • Priorização do atendimento;
  • Aplicação de respiração artificial;
  • Massagem cardíaca;
  • Técnicas para remoção e transporte de acidentados;
  • Práticas.
  • Responsabilidades.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

NR-35 - TRABALHO EM ALTURA

NR-35 – TRABALHO EM ALTURA

Treinamento Incompany ou na Pro Ocupacional Tatuapé

 

INTRODUÇÃO
O Curso de Trabalho em Altura contempla Normas nacionais e internacionais para realização de Trabalhos em Altura, além de orientar os trabalhadores quanto os equipamentos a serem utilizados habilita os participantes para executar com segurança os trabalhos nos diversos ambientes verticais. Abordagem de equipamentos específicos, princípios e técnicas de ancoragem, nós, técnicas de segurança em cordas, sistemas de redução mecânica. O treinamento é feito com exercícios práticos e simulações.
PÚBLICO ALVO

 

Profissionais e Supervisores de Trabalho em Altura;
Brigadistas de Emergência;
Técnicos de Manutenção Eletrotécnica;
Técnicos de Telecomunicações;
Técnicos de Segurança do Trabalho;
Profissionais da Área de Segurança;
Pessoas que tenham interesse em estar preparadas frente a uma emergência.

 

REGULAMENTAÇÃO

 

Regulamentação: NR-18 Portaria GM, n° 3.214, de 08 de junho de 1978. Última atualização pela Portaria SIT n° 40, de 07 de março de 2008.
NBR 6494 Segurança nos Andaimes.

 

CARGA HORÁRIA:
08 horas
Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

NR-33 - ESPAÇO CONFINADO

NR-33 – ESPAÇO CONFINADO

SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS

 

INTRODUÇÃO
A implantação de planos de emergência em conjunto com as ações de prevenção e capacitação continuada do trabalhador, são as diretrizes que determinam os resultados na redução das estatísticas dos acidentes do trabalho e dos prejuízos morais, sociais, psicológicos e a perda de vidas, ocasionados pelos acidentes, os quais trabalhadores e empresários estão sujeitos diariamente na execução das suas atividades.
Os trabalhos em ambientes confinados são potencialmente perigosos e anualmente são responsáveis por inúmeros acidentes fatais. Muitos destes acidentes poderiam ter sido evitados através da implantação e da adoção dos procedimentos de capacitação dos trabalhadores previstos na NR 33.

 

OBJETIVOS DO CURSO
Capacitar os funcionários da empresa para o Trabalho em Espaços Confinados com o objetivo de estabelecer os requisitos mínimos para identificação de espaços confinados e o reconhecimento, avaliação, controle dos riscos existentes, funcionamento dos equipamentos utilizados, procedimentos e utilização da permissão de entrada, trabalho em espaços confinados e noções básicas de primeiros socorros.

 

PÚBLICO ALVO

 

Trabalhadores de Entrada em Espaço Confinado;
Técnicos em Segurança do Trabalho;
Profissionais da Área de Segurança;
Brigadistas de Emergência;
Pessoas que tenham interesse em estar preparadas frente a uma emergência.

 

REGULAMENTAÇÃO

 

NR 33 – Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaço Confinado, do Ministério do Trabalho;
NBR 14.787/2001 – Espaço Confinado Prevenção de acidentes, procedimentos e medidas de proteção, da ABNT

 

CARGA HORÁRIA
Nas dependências do Centro de Treinamento Cadenas:

  • Entendimento da NR-33 – 04 h/a;
  • Permissão de Trabalho e Controle de Risco – 04 h/a;
  • Materiais e Equipamentos – 04 h/a;
  • Noções de Primeiros Socorros – 04 h/a;
  • Prática com simulações de Entrada e Saída em Espaço Confinado – 04 h/a.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

DIREÇÃO DEFENSIVA

DIREÇÃO DEFENSIVA

Visa melhorar a performance dos colaboradores através da conscientização, técnicas e tópicos abordados nesse curso.

 

Carga horária:

O treinamento é ministrado em 10 horas/aula, mas pode ser redimencionado para cargas horárias maiores ou menores dependendo das necessidades da empresa.

 

Objetivo:

Visa melhorar a performance dos colaboradores através da conscientização, técnicas e tópicos abordados nesse curso.

 

Conteúdo:

 

  • Elementos da direção defensiva;
  • Condições adversas;
  • Álcool, drogas e sono;
  • Como evitar acidentes;
  • Distâncias de segurança;
  • Manobras;
  • Velocidades máximas das vias;
  • Tipos de vias;
  • Documentos obrigatórios;
  • Categorias;
  • Preferências de passagem;
  • Equipamentos obrigatórios;
  • Noções de direção econômica;
  • E outros assuntos pertinentes.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

PRIMEIROS SOCORROS

PRIMEIROS SOCORROS

Treinamento incompany ou na Pro Ocupacional Tatuapé

 

Introdução

Em um mundo onde a morte por trauma provocado por acidentes de trabalho e de trânsito, quedas e agressões físicas supera os índices de mortalidade por causas neoplásicas e cardiovasculares, são imprescindíveis as noções sobre Primeiros Socorros.
Tendo em vista que, se devidamente aplicados, os procedimentos de Socorros em Urgência aumenta em 80% a chance de sobrevida, o curso de Primeiros Socorros, em toda sua extensão, visa ao desenvolvimento das aptidões necessárias para um atendimento eficaz à vítima.
Após a realização do curso, o aluno estará capacitado a acionar serviços médicos especializados, a isolar o local do acidente e a oferecer suporte básico à vida.

Regulamentação

NR-07 de 06 de Junho de 1983

Carga Horária

Nas dependências da Empresa Contratante:
Primeiros Socorros – 12 h/a.

Instrutores

Instrutores credenciados para o treinamento proposto.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

OPERADOR DE EMPILHADEIRA

OPERADOR DE EMPILHADEIRA

Treinamento Incompany

 

INTRODUÇÃO

É crescente a necessidade de estocagem de materiais em extensas dimensões, haja vista o tamanho de fábricas e armazéns de produtos.
Analisando essa procura do mercado e visando à alta qualificação de profissionais, foi formulado o curso de Formação de Operador de Empilhadeira, que atende as exigências das normas de segurança – NR-11 – Transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais – e oferece ao operador, técnicas eficazes para o correto manuseio de empilhadeira, garantindo, assim, a segurança do operador, da máquina e dos materiais por ela transportados.

 

OBJETIVOS DO CURSO

O curso tem como objetivo ensinar conceitos de Segurança no Trabalho, aprimorar conhecimentos sobre o funcionamento e manutenção da Empilhadeira, ensinar técnicas de correto manuseio da máquina e possibilitar noções sobre a legislação e suas atribuições no local de trabalho, garantindo, assim, a segurança do Operador, da máquina e dos materiais por ela transportados.

 

DIFERENCIAIS

Todos os Cursos da Pró Ocupacional utilizam a aprendizagem colaborativa, a aprendizagem motora e a aplicação dos conceitos e técnicas a realidade dos alunos, de acordo com as características dos alunos e do curso proposto.
Aulas teóricas/ práticas possibilitam que o aluno entre em contato com várias técnicas contextualizadas, permitindo total esclarecimento de suas dúvidas e maximizando a efetividade do treinamento.

 

PÚBLICO ALVO

  • Operadores de Empilhadeira;
  • Profissionais da Área de Segurança;
  • Brigadistas de Emergência;
  • Público em geral com interesse em se aprimorar na área.

 

CARGA HORÁRIA

Nas dependências da Empresa Contratante:
• Empilhadeira – 16 h/a.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

OPERADOR DE GUINDAUTO

OPERADOR DE GUINDAUTO

Treinamento Incompany

 

Público Alvo e Área de Conhecimento:

Profissionais, Trabalhadores e Pessoas Interessadas em Capacitar a Trabalhar e Operar este tipo de equipamento de movimentação de carga.

 

Objetivo do Curso:

 

Capacitar e treinar sobre os vários tipos de equipamentos hidráulicos de guindar.

 

Conteúdo Programático:

 

  • Introdução aos Sistemas e Dispositivos Básicos;
  • Sistemas de Fluídos e Princípios Gerais da Hidráulica;
  • Os Equipamentos Hidráulicos e os Tipos de Caminhões;
  • Introdução e Conceito de Guindauto e/ou Caminhão Munck;
  • Modelos, Capacidades e Especificações Técnicas de Caminhões Munck e das Lanças Telescópicas;
  • Descrições Técnicas e Operacionais de um Sistema de Munck;
  • Características (Horimetro, Tomada de Força, Eixo Cardam, Bomba Hidráulica, Comando do Equipamento, Estruturas e Dimensões;
  • Braço Inferior (Lança Elevação) grande ou I e Lança Externa (Inclinação) média ou II;
  • Lança Telescópica (Extensão) III e Lança Mecânica (Extensível);
  • Sapata Mecânica de Apoio (Pé de Pato) e Sapata Hidráulica de Apoio;
  • Sistema Hidráulico, Sistema de Apoio (Patolas);
  • Acessórios: Mangueiras, Lança Suplementar, Perfuratriz, Saca-porte, Garra Pantográfica para poste e Caçamba;
  • Conceitos Importantes Relativos à Munck (Centro de Gravidade = CG, Determinação do Centro de Gravidade, Princípio de Equilíbrio, Área de Alcance e Momento Útil);
  • Gráfico de Carga do Munck;
  • Estabilidade de um Munck e do Piso;
  • Operação e Avaliação e Inspeções do local do desenvolvimento das atividades = Analises de Riscos dos Serviços = AES e Permissão de Trabalhos = PT;
  • Posicionamento para o Trabalho e Procedimentos Operação e Segurança;
  • Manutenção do Veículo e Guindauto Munck, Check-List e Inspeções Diárias e Semanal Veículo e do Guindauto Munck;
  • Operação com Guindaste, Posicionamento do Veículo Seguro e Preventivo e Sinalização da área de Trabalho;
  • Ligação de Tomada de Força, Operação com Alavancas, Limite de Carga e Carga e Descarga;
  • Cabos de Aços, Cintas de Poliéster e Acessórios de Aços;
  • Ponto de Equilíbrio, Bobinas de Cabo, Transformadores, Religadores, Seccionalizadores e Estropos de 2 Pernas ou Dobrados;
  • Noções básicas de Segurança do Trabalho e Equipamentos de Proteção EPI’s e EPC’s;
  • Deveres e Obrigações dos Motoristas e Operadores;
  • Técnicas de Sinalização Manual para Orientar Operador de Guindastes, Código de Comunicação Oral por Rádio HT;
  • Inspeções e Substituição dos Cabos de Aço e Acessórios em Uso;

 

Carga Horária:

 

40 Horas / Aulas.

 

Instrutores:

Engenheiro, Técnico e Profissional Especializados.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

OPERADOR DE GUINDAUTO

OPERADOR DE GUINDAUTO

Treinamento Incompany

 

Público Alvo e Área de Conhecimento:

Profissionais, Trabalhadores e Pessoas Interessadas em Capacitar a Trabalhar e Operar este tipo de equipamento de movimentação de carga.

 

Objetivo do Curso:

 

Capacitar e treinar sobre os vários tipos de equipamentos hidráulicos de guindar.

 

Conteúdo Programático:

 

  • Introdução aos Sistemas e Dispositivos Básicos;
  • Sistemas de Fluídos e Princípios Gerais da Hidráulica;
  • Os Equipamentos Hidráulicos e os Tipos de Caminhões;
  • Introdução e Conceito de Guindauto e/ou Caminhão Munck;
  • Modelos, Capacidades e Especificações Técnicas de Caminhões Munck e das Lanças Telescópicas;
  • Descrições Técnicas e Operacionais de um Sistema de Munck;
  • Características (Horimetro, Tomada de Força, Eixo Cardam, Bomba Hidráulica, Comando do Equipamento, Estruturas e Dimensões;
  • Braço Inferior (Lança Elevação) grande ou I e Lança Externa (Inclinação) média ou II;
  • Lança Telescópica (Extensão) III e Lança Mecânica (Extensível);
  • Sapata Mecânica de Apoio (Pé de Pato) e Sapata Hidráulica de Apoio;
  • Sistema Hidráulico, Sistema de Apoio (Patolas);
  • Acessórios: Mangueiras, Lança Suplementar, Perfuratriz, Saca-porte, Garra Pantográfica para poste e Caçamba;
  • Conceitos Importantes Relativos à Munck (Centro de Gravidade = CG, Determinação do Centro de Gravidade, Princípio de Equilíbrio, Área de Alcance e Momento Útil);
  • Gráfico de Carga do Munck;
  • Estabilidade de um Munck e do Piso;
  • Operação e Avaliação e Inspeções do local do desenvolvimento das atividades = Analises de Riscos dos Serviços = AES e Permissão de Trabalhos = PT;
  • Posicionamento para o Trabalho e Procedimentos Operação e Segurança;
  • Manutenção do Veículo e Guindauto Munck, Check-List e Inspeções Diárias e Semanal Veículo e do Guindauto Munck;
  • Operação com Guindaste, Posicionamento do Veículo Seguro e Preventivo e Sinalização da área de Trabalho;
  • Ligação de Tomada de Força, Operação com Alavancas, Limite de Carga e Carga e Descarga;
  • Cabos de Aços, Cintas de Poliéster e Acessórios de Aços;
  • Ponto de Equilíbrio, Bobinas de Cabo, Transformadores, Religadores, Seccionalizadores e Estropos de 2 Pernas ou Dobrados;
  • Noções básicas de Segurança do Trabalho e Equipamentos de Proteção EPI’s e EPC’s;
  • Deveres e Obrigações dos Motoristas e Operadores;
  • Técnicas de Sinalização Manual para Orientar Operador de Guindastes, Código de Comunicação Oral por Rádio HT;
  • Inspeções e Substituição dos Cabos de Aço e Acessórios em Uso;

 

Carga Horária:

 

40 Horas / Aulas.

 

Instrutores:

Engenheiro, Técnico e Profissional Especializados.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

OPERADOR DE MOTONIVELADORA (PATROLA)

OPERADOR DE MOTONIVELADORA (PATROLA)

Treinamento Incompany

 

Objetivo:

Capacitar, atualizar e certificar profissionais em conformidade com a NR- 11 e NR-12 – Portaria nº. 3.214 de 08 de junho de 1978, alterada pelas Portarias: SSST nº. 13 de 24 de outubro de 1994; SSST nº. 25 de 03 de dezembro de 1996; SSST nº. 04 de 28 de janeiro de 1997 e SSST nº. 08 de 24 de março de 1997, na operação com Motoniveladora e prevenção de acidentes conforme em concordância com art 7º, da Constituição Federal, o Capítulo V, do Título II,da CLT e Lei nº 6.514, de 22-12-1977, que asseguram aos trabalhadores direito a saúde, higiene e segurança.

 

Objetivo principal:

  • Treinar o operador para operar corretamente a Motoniveladora.
  • Aplicar técnicas de operação com segurança, visando o aumento da produtividade.
  • Realizar inspeção visual e manutenção básica na Motoniveladora.
  • Melhorar a conservação do equipamento.
  • Conscientização em segurança, meio ambiente, saúde ocupacional.

 

Público Alvo: Trabalhador

Carga Horária : 40 horas.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

OPERADOR DE PÁ CARREGADEIRA

OPERADOR DE PÁ CARREGADEIRA

Pré Requisito: Ser maior de 18 anos e possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação) Categoria C ou superior. Treinamento Incompany

 

Carga Horária:

Reciclagem com duração de 8 horas

Curso com duração de 16 horas

Curso com duração 40 horas

 

Pré Requisitos
Ser maior de 18 anos e possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação) Categoria C ou superior.

 

Objetivo Geral:

Capacitar os participantes na operação de Pá Carregadeira, utilizando de maneira correta todos os recursos do veículo, otimizando o desempenho desses profissionais, e desenvolver, concomitantemente, comportamento preventivo e observância à legislação vigente, referente aos aspectos ambientais e de segurança e saúde ocupacional, de modo a minimizar os riscos, eliminando a possibilidade de ocorrência de acidentes de trabalho e a atuar de maneira socialmente responsável, além de realizar inspeção visual, manutenção básica do veículo, melhorando a conservação do equipamento.

 

Objetivos Específicos:

Ao fim do treinamento os participantes deverão ser capazes de:

 

  • Dominar as normas e conceitos concernentes a acidente e segurança no trabalho:
  • Noções de QSMS – Qualidade, Saúde Ocupacional, Meio Ambiente e Segurança;
  • Normas Regulamentadoras (NRs) 06, 11, 12 e 31 do Ministério de Trabalho e Emprego, Lei 6.514/78;
  • Conceitos gerais de segurança no trabalho: acidente, ato inseguro, condição insegura, fator pessoal de insegurança, índice de acidentes;
  • Tipo de veículo/carga, transporte e movimentação segura de materiais;
  • Manutenção preventiva e conservação, evitando riscos operacionais;
  • Correção de falhas operacionais e vícios na manutenção.
  • Dominar os componentes da Pá Carregadeira usados na prática:
  • Painel de instrumentos;
  • Força do veículo (motor, transmissão, tomada de força);
  • Sistema hidráulico;
  • Alavancas de comando.
  • Dominar os conhecimentos e técnicas da Carregadeira:
  • Partida e aquecimento do motor e sistemas;
  • Movimentos do veículo;
  • Estacionamento;
  • Estabilidade;
  • Avaliação do solo (compactação necessária);
  • Análise da tabela de carga / Centro de gravidade;
  • Aplicar os conhecimentos teóricos em prática operacional individualizada da Pá Carregadeira, incluindo a manutenção.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

OPERADOR DE RETROESCAVADEIRA

OPERADOR DE RETROESCAVADEIRA

Curso Operador de Retroescavadeira visa capacitar o profissional na operação adequada e habilidade com a máquina. Treinamento Incompany

 

A Retroescavadeira

  • Identificação da máquina e seus principais Componentes.
  • As diversas operações com a Retroescavadeira durante o dia à dia:
  • Enchimento e descarga da concha.
  • Escavação de valas em diversas situações.
  • Operação do carregador frontal e suas particularidades.
  • Acidentes do trabalho e suas conseqüências.

 

Normas de Segurança.

NR – 11 ( Transporte e Movimentação de Materiais )
NR – 18 ( Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção ).
Relatos de Acidentes na operação com a Retroescavadeira.

 

Prático:

  • Reconhecimento da área de trabalho.
  • Verificação diária do equipamento.
  • Colocar o equipamento em movimentação seguindo as normas de segurança em simulação de atividade.
  • Tipos de Retro escavadeira;
  • Operação e Funcionamento da Retroescavadeira;
  • Leitura do Painel de Instrumentos;
  • Manejo da Retroescavadeira;
  • Alavanca de Controle da Retroescavadeira;
  • Manutenção Preventiva, Corretiva e Preditiva;
  • Prevenção de Acidentes de Trabalho;
  • Como Operar Corretamente a Retroescavadeira;
  • Condução Segura no Trânsito com a Máquina.

 

Requisitos:

Ensino Fundamental incompleto (mínimo de 4ª série);

Idade mínima – 18 anos;

CNH Categoria B;

Experiência comprovada em ocupações relacionadas à operação de máquinas pesadas.

O treinamento atende ao currículo exigido pelo ( MTE ) Ministério do Trabalho e Emprego) e fiscalizado pela ( DRT ) Delegacias Regionais do Trabalho.Portaria nº. 3.214 de 08 de junho de 1978 Capacitar o profissional conforme as Normas Brasileiras

 

Conceitos e Definições;

 

Estudos das condições de trabalho, bem como dos riscos originados do processo produtivo, investigação de acidente e análise e doenças do trabalho.

Noções sobre acidentes e doenças do trabalho decorrentes da exposição aos riscos existentes na empresa.

Noções sobre legislação trabalhista e previdenciária relativas a segurança e saúde no trabalho.

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888

OPERADOR DE TRATOR DE ESTEIRA

OPERADOR DE TRATOR DE ESTEIRA

Treinamento Incompany

 

Objetivo

Aperfeiçoar os conceitos teóricos e práticos dos funcionários quanto a segurança na operação do trator de esteira no pleno exercício de suas atividades.

 

Conteúdo Programático

 

  • Segurança no Trabalho NR 6, NR 11 e NR 12
  • Acidentes, Causas e Efeitos com trator de esteira
  • Inspeção de Pré – Uso Operador / Seleção de Treinamento
  • Conceitos, Classificação, Acessórios e Componentes trator de esteira
  • Controles da Operação do trator de esteira
  • Regras de Segurança para operadores de trator de esteira

 

Aula Prática:

Operações diversas com trator de esteira

 

Ligue agora e solicite um orçamento.
São Paulo: (11) 2966-8888